Formulário de Consulta

CÓDIGO:    SENHA:   
(Segunda via do boleto)

  • Página inicial
  • Fale conosco
  • Webmail
Rua José Antonio de Campos, 455 - Centro - Registro/SP - (13) 3828-6800 |

Ana Lourdes Fideles de Oliveira

1992/1994 e 2002/2004

 

Dois mandatos e muitas conquistas

 

Gestões de Ana Lourdes garantiram conquistas como

implantação da DIG e a feira Liquida Estoque

 

 

Um assalto com armas pesadas, rendição de vigias e roubo na maioria das lojas do Shopping Mágario, surpreendeu e amedrontou a população de Registro, especialmente comerciantes, naquele começo de 1992. A empresária Ana Lourdes Fideles de Oliveira acabara de assumir a presidência da ACIAR e precisava dar uma resposta rápida ao pânico que se instalou no comércio. 

 

Ela, então, promoveu reunião com o prefeito, a Câmara Municipal, juiz, promotor, delegado seccional e comandante militar. Ao buscar informações sobre questões ligadas à segurança pública na cidade, soube que, embora houvesse portaria de criação da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), não parecia haver interesse em implantação da unidade.

 

“Na reunião, o delegado seccional disse que precisava de um prédio, cobrei ajuda do prefeito e o presidente da Câmara apoiou”, relembra Ana Lourdes. Resultado: foi firmado ali o compromisso de que a DIG seria instalada em trinta dias, o que de fato ocorreu.

 

Ana Lourdes havia se tornado militante da ACIAR em 1988, quando integrou o Conselho Deliberativo. Deixou o cargo por divergência com o então presidente Lázaro Gomes da Silva, que dedicava seu mandato à luta pela duplicação da BR-116. “Hoje acho que foi um dos trabalhos mais importantes da ACIAR mas, na época, considerávamos que o importante era a atuação específica em prol do comércio”, avalia. 

 

Em 1991, um grupo de comerciantes começou a fortalecer a oposição ao grupo que o Edson Foto liderava. Os articuladores eram José de Oliveira (marido de Ana Lourdes), Arcanjo Monteiro Terra (Delírio Perfumaria e Cosméticos) e Benedito Gregório dos Santos (Willirro Modas). “O nosso sentimento era que só conseguiríamos melhorar e desenvolver o comércio se a ACIAR estivesse totalmente voltada para o comércio”, relembra Ana Lourdes. Embora acompanhasse as articulações à distância, ela foi chamada para compor a chapa como candidata à presidência. Eram 48 associa-dos e a oposição venceu com 36 votos. 

 

A primeira gestão presidida por Ana  Lourdes também formalizou parceria com a Unimed, ainda hoje um importante benefício para os associados, e fortaleceu o projeto de implantação do SEBRAE-SP em Registro. 

 

Aliás, a parceria com o SEBRAE é uma história à parte. Ana Lourdes recebeu telefonema do professor Francisco Emerich, então gerente regional do Sebrae em Santos, oferecendo cursos, que eram pagos e, para serem realizados, precisavam de adesão mínima de quinze comerciantes. Novamente o trio José, Arcanjo e Dito colocou-se a postos, visitando lojas e buscando alunos. “No início não conseguimos montar turmas, então o Dito e eu colocáva-mos nossos filhos com 10, 12 anos, e nossos funcionários, para conseguir completar a turma”, conta Ana Lourdes. 

 

Aos poucos, os comerciantes entenderam a proposta e os cursos foram sendo ampliados, veio o Balcão SEBRAE e criou-se o Escritório Regional. “Se não tivesse havido aquele esforço lá atrás, o SEBRAE não teria vindo na época em que veio”, acredita Ana Lourdes.

 

Em 1992, a ACIAR funcionava numa sala, com um funcionário, dois computadores XP adquiridos em doze parcelas (ainda não totalmente pagas) e estava sendo processada por um escritório de contabilidade que prestava serviços para a ACIAR e não recebeu seus honorários por vários anos. Dois dias após a posse, Ana Lourdes foi chamada no Fórum para responder por essa dívida. Fez proposta de parcelamento, aprovada pela diretoria, e quitou o débito. A diretoria comandada por Ana Lourdes também retomou a iluminação natalina, que havia sido feita em Registro na década de 1970. De novo o trio bateu de comércio em comércio buscando dinheiro para comprar lâmpadas coloridas. “Na primeira noite em que a prefeitura acendeu as lâmpadas, ficamos emocionados. Tinha iluminação mais sofisticada, mas foi o que conseguimos fazer com muito esforço”, revela a ex-presidente. Naquela época, a ACIAR também teve participação ativa nos festejos de comemoração dos 80 anos da colonização japonesa.

 

Ao final de 1994, quando Ana Lourdes deixou a presidência da Associação, o número de associados, havia saltado de 48 para mais de 300. 

 

Entre 2002 e 2004, Ana Lourdes assumiu pela segunda vez a presidência. Nesse período, foi criada a Feira Líquida Estoque; o núcleo Vestir e Calçar dentro do projeto Empreender, e o apoio decisivo à implantação do estacionamento regulamentado Zona Azul. 

 

“Tenho um privilégio muito grande de ter participado da história da ACIAR. Mas fica muito claro que nada disso teria acontecido se não tivesse o apoio que eu tive da diretoria desde o primeiro momento. O Zé, o Dito e o Arcanjo foram grandes parceiros e, no primeiro mandato, tivemos também apoio do advogado Carlos Campanatti, do Cristiano Ribeiro (da 99 FM) e do José Braga Luz”, assegura Ana Lourdes, lembrando também o trabalho, incansável e imprescindível, dos empresários Eliane Kazokas (Espaço Kaza), João Del Bianco Neto (Posto Mel), entre outros.


PARCEIROS

Sincovvale Grupo O Boticário Sicredi CNA Procon Impostometro Instituto Talentos Portal Educação Certificado Digital ACCredito 0800 Illustrativa
REDE SOCIAL

Logotipo rodapé Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro
Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro
Rua José Antonio de Campos, 455 - Centro - Registro/SP
mkt@aciar.com.br

Desenvolvido por SOPHUS TECNOLOGIA