Formulário de Consulta

CÓDIGO:    SENHA:   
(Segunda via do boleto)

  • Página inicial
  • Fale conosco
  • Webmail
Rua José Antonio de Campos, 455 - Centro - Registro/SP - (13) 3828-6800 |

Presidentes

ACIAR

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, INDUSTRIAL E AGROPECUÁRIA DE REGISTRO

Data da Fundação – 17.02.1970

 

Renato Zacarias dos Santos – 2012-2014 / 2014-2016 / 2016-2018

Renato Zacarias dos Santos chegou à presidência da ACIAR em 2012 e, em 2016, foi conduzido ao terceiro mandato. Sob seu comando, a diretoria vem escrevendo importantes capítulos na história do comércio de Registro e do Vale do Ribeira, além de consolidar a Associação Comercial como uma das entidades de maior prestígio na região.

Nos anos de 2015 e 2016 a ACIAR conquistou o Prêmio AC Mais, concedido pela FACESP, respectivamente nas categorias “Boas Práticas da BVS” e “Produtos e Serviços” disputado por 258 associações. O Núcleo Vestir e Calçar, do projeto Empreender Competitivo, foi homenageado no Congresso Estadual da FACESP 2015. Essas conquistas demonstram que a ACIAR está no caminho certo, atuando com o objetivo de cumprir sua missão junto aos associados e à comunidade.

Ao lembrar as ações do mandato, Renato cita a assessoria de imprensa, que implantou em sua primeira gestão. “Esse trabalho é valioso para a cidade, porque torna visível a todos as diversas atividades da Associação, importantes para vários segmentos”, assegura.

E é pensando no associado que a ACIAR ampliou o leque de serviços nos últimos quatro anos, implantando a campanha anual “Acertando Suas Contas”, para renegociação de dívidas e a difusão do conceito de crédito sustentável, e tornou-se parceira da prefeitura na realização do carnaval, Expovale e Parada de Natal; implantou o Programa de Estágios (PROE) e elaborou a revisão do estatuto da entidade.

 Atualmente, entre o Vale do Ribeira e Baixada Santista, a ACIAR oferece um leque de produtos e serviços que se compara apenas à associação de Santos. A busca de aproximação entre empresários e a entidade tem sido uma tarefa constante da diretoria. Por isso manteve o projeto do Café da Manhã (Bom dia, Comerciante!) de integração e troca de experiências entre empreendedores, inovou o Happy Hour que passou a ser temático e servir de vitrine para que empresários relatem suas trajetórias, inspirando seus colegas e mostrando exemplos de perseverança, conquista e crescimento.

Algumas ações da ACIAR ficarão definitivamente marcadas na história de Registro, como o Encontro Mulheres Empreendedoras e o I Fórum Empreendedor do Vale do Ribeira.

Para contribuir com o voto consciente a ACIAR realizou o Encontro com os candidatos a prefeito de Registro e eleitores. Prosseguiu bravamente na luta pela aprovação do Sincovvale, implantou a Câmara de Arbitragem, discutiu ações para garantir segurança aos usuário da BR-116. E realizou o Encontro de Amigos, buscando ampliar o leque de associados e, cada vez mais, abrir espaço para o empresário dentro da Associação.

A Associação também tem contribuído para debates em busca de soluções para o trânsito e estudos para melhorar a acessibilidade. O resultado do trabalho da ACIAR tem sido reconhecido não apenas nas premiações da FACESP. No âmbito do município, a entidade foi contemplada com três Moções de Aplauso, concedidas pela Câmara: uma, em reconhecimento ao trabalho da ACIAR na realização da Expovale; a outra, pelo segundo lugar no prêmio AC Mais, no ano passado. E a mais recente, este ano, durante Sessão Solene em comemoração ao 45º aniversário da Associação.  

 

Henrique Rodrigues Wolf – 2010-2012

Tendo como principal meta ampliar e aproximar os associados da ACIAR, Henrique Rodrigues Wolf realizou o projeto “Novos Rumos: Bom dia, Comerciante”, para ouvir sugestões e conhecer as principais necessidades dos empresários locais. Foi também em sua gestão que a ACIAR fechou parceria com a Certificadora Certisign para emitir a certificação digital, assinou convênio com a Boa Vista Serviços para administração do SCPC e implantou o Clube de Descontos com carteirinha para associados. A Associação se posicionou contra o projeto de lei que permitia a abertura do comércio de Registro aos domingos. O projeto foi vetado pela prefeita. Henrique também solicitou ao governador Geraldo Alckmin a não implantação do presídio e linha de financiamento para os empresários da região. Fechou parceria com a Sicredi para atender os associados com taxas diferenciadas.

 

Hélio Borges Ribeiro – 2008-2010

Em sua gestão, a ACIAR realizou o Concurso de Pratos e o Festival Gastronômico Sabores do Vale, com objetivo de valorizar os produtos da região na culinária. Foi também com o contador e advogado Hélio Borges Ribeiro que a Associação ampliou o concurso de Decoração Natalina para a categoria residencial, implantou o sistema de benefícios do cartão ACCREDITO, assinou convênio com o Senac para o programa “Menor Aprendiz”, ampliou e modernizou as instalações da ACIAR, inclusive com a implantação do auditório.

 

João Del Bianco Neto – 1998-2000 / 2000-2002 / 2004-2006 / 2006 -2008

João Del Bianco ocupou o cargo por quatro mandatos. Além de continuar o trabalho de incentivar a criação e o fortalecimento das associações comerciais em outros municípios do Vale do Ribeira, Bianco conquistou a aquisição da sede própria da ACIAR, paga com o dinheiro antes aplicado no aluguel. A implantação do Balcão do Empreendedor Jucesp, que trouxe para perto os serviços da Junta Comercial de São Paulo, a conquista do Dtcom – cursos à distância para aperfeiçoar o trabalho dos comerciantes, a integração das informações com a Rede Nacional de Informações de Crédito (RENIC), trazendo maior segurança nas vendas. Tudo isso contribui para a consolidação da ACIAR como ferramenta empreendedora do comércio registrense. Além disso, lançou o Concurso Fotográfico com objetivo de ilustrar o calendário confeccionado pela ACIAR e o Encontro de Empresários e Lojistas.

 

Benedito Gregório dos Santos – 1996-1998

Um dos destaques de seu mandato foi a mudança da sede da ACIAR, que passou de uma sala no Shopping Magário para um prédio em frente à Praça dos Expedicionários. Com espaço físico mais adequado, a Associação pôde ampliar também seus serviços. A ACIAR também passou a investir na informatização, com a implantação de programas mais sofisticados. O Serviço de Proteção ao Crédito ampliou sua área de consultas, antes apenas regional. E, em parceria com o Sebrae de Santos, a ACIAR realizou uma extensa programação de cursos voltados para o empresariado. Para atrair os comerciantes, a Associação já promovia uma verdadeira conscientização sobre a importância da melhoria do atendimento.

 

Pedro Dias – 1994-1995

Na gestão de Pedro Dias, a ACIAR foi responsável pela implantação do estacionamento rotativo, mas a Zona Azul foi abolida mais tarde, com a mudança de prefeito. Naquela época, as promoções já agitavam o comércio de Registro. Quem não lembra do Gastão Sortudo? A campanha que sorteava um prêmio todos os meses entre os consumidores. Ao final do ano, foi sorteado o prêmio máximo, um carro zero km. E o que dizer do Carnaval de Rua?  A ACIAR trouxe lanternas japonesas diretamente do Japão para enfeitar a avenida principal da cidade na gestão de Pedro Dias.

 

Ana Lourdes Fideles de Oliveira – 1992-1994 / 2002-2004

Presidente em dois momentos distintos, Ana Lourdes é, até agora, a única mulher a ocupar a presidência da ACIAR. Não que isso tenha feito alguma diferença, já que ela sempre contou com o apoio da diretoria e do comércio. No primeiro mandato, a maior dificuldade era a falta de recursos financeiros. O convênio com a Unimed deu um novo fôlego e contribuiu para aumentar o quadro de associados. Outras conquistas chegaram com o apoio da ACIAR, como a implantação do escritório regional do Sebrae, a própria Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e, mais tarde, a chegada do Programa Empreender. Em parceria com o Sebrae, o programa reuniu empresários do mesmo segmento para desenvolver estratégias conjuntas.

 

Edson Antonio de Oliveira – 1990-1992

Imagine a ACIAR sem computadores. Quase impossível, não é? Pois o responsável pela aquisição do primeiro computador da ACIAR foi o então presidente Edson Antonio de Oliveira, há cerca de 15 anos. E olha que foi difícil para ele convencer a diretoria de que a Associação precisava desse equipamento. Também pudera! Foi uma época traumática para todos. No dia em que Edson tomou posse, o então presidente Fernando Collor baixou a resolução que sequestrou a poupança dos brasileiros. E todo o dinheiro que a Associação tinha – que já não era muito - foi sequestrado também. Mesmo com dificuldades, a ACIAR continuou batalhando em prol do comércio.

 

Lázaro Gomes da Silva – 1988-1990

Também envolvido fortemente no Movimento Pró-Duplicação da BR-116, ele chegou a escrever uma carta com o próprio sangue na tentativa de sensibilizar as autoridades do governo federal. O sangue simbolizava as centenas de pessoas que morreram vítimas de acidente na rodovia. Outro fato marcante da gestão de Lázaro foi a luta pela regulamentação do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Ribeira. No final de seu mandato, a ACIAR promoveu o “Encontro para discutir Registro”, para debater questões como saúde, educação, ecologia, regularização fundiária, transportes, enchentes, desemprego, entre outros. O objetivo do encontro era elaborar o anteprojeto de lei que nortearia a aplicação do fundo.

 

Hiroshi Sumida (in memorian) – 1986-1988

Suas lutas ficarão para sempre gravadas na memória da ACIAR. Revirando os documentos antigos e recortes de jornais da Associação, é fácil encontrar matérias destacando o envolvimento de Hiroshi Sumida nas questões regionais. A principal delas, sem dúvida, foi o Movimento Pró-Duplicação da BR-116, o qual presidiu. Na época, a própria ACIAR sediou o movimento. Em um informe assinado pelo próprio Hiroshi Sumida, ele destaca que a ACIAR ajudou, apoiou e organizou o processo de reivindicação da duplicação da BR-116, culminando com duas históricas paralisações da rodovia em Registro, em 1987, e em Juquitiba, no ano seguinte.

 

Manoel Raimundo Rodrigues de Oliveira - 1984-1986

Com o desafio de atrair associados, Manoel Raimundo de Oliveira assumiu a presidência da ACIAR em 1984. Teve sua gestão marcada por campanhas e promoções para incentivar as vendas e enfeites de Natal nas ruas para atrair consumidores e visitantes para Registro. Foi durante seu mandato que ocorreu a polêmica da mudança do nome da Avenida Jonas Banks Leite que, na época, chamava-se avenida Fernando Costa.

 

João Camilo Neto – 1980-1982

Protagonizou talvez a eleição mais concorrida da ACIAR, com direito até a carro de som nas ruas. Apesar da pressão política, João Camilo venceu com folga seu oponente. E sua gestão ficou marcada justamente por promover a integração entre os comerciantes. Durante o período, a ACIAR realizou quermesses, criou o evento “Personalidade do Ano” e promoveu a Olimpíada do Comerciário, reunindo mais de 500 esportistas em várias modalidades.

 

Elói Ribeiro - 1977

Assumiu o cargo por ocasião da transferência do então presidente Olvino Batista. Uma época difícil, porém de crescimento para Registro. Foi na década de 1970 que a cidade passou a receber infraestrutura básica. E a ACIAR sempre esteve muito envolvida com as questões de desenvolvimento, cobrando inclusive dos prefeitos a expansão da energia elétrica e do saneamento básico para os bairros da zona rural e melhoria das estradas para escoação dos produtos.

 

Olvino Batista de Oliveira - 1976

Participou ativamente da criação da ACIAR. Então gerente do Banco Bandeirantes, oferecia assistência para oficializar os trâmites burocráticos da fundação da entidade. A realização da primeira assembleia da ACIAR foi em uma sala do Banco. E assim que foi criada, a Associação passou a defender os interesses do comércio registrense. Alguns meses após assumir a presidência da ACIAR pela primeira vez, Olvino foi transferido para o Paraná.

 

Salvador Campanucci - 1974/1975 – Presidente substituto

A criação do Serviço Central de Proteção ao Crédito – o SCPC – foi o fato mais marcante de seu mandato. A dificuldade maior não foi implantar o serviço, mas convencer os comerciantes a enviarem a lista de seus devedores. Naquela época, a ACIAR tinha apenas um funcionário e contratar mais duas pessoas para operar o SCPC também não foi fácil, devido à escassez de recursos financeiros.  Como não havia computador, tudo era feito manualmente, nas fichinhas. E os comerciantes ainda se recusavam a informar os nomes dos devedores. Enfim, foi uma verdadeira batalha conscientizar o comércio de que o SCPC é uma forma de proteger os negócios. 

 

Ernesto Hargeheimer – 1974-1975 (5 meses)

 

 

João Perez (in memorian) – 1970-1972/1978-1980

A Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro surgiu da vontade de um grupo de amigos. A ideia inicial era expandir a Festa do Chá – evento realizado apenas entre produtores e industriais do chá. No grupo havia pouco mais de meia dúzia de pessoas, entre elas, Olvino Batista de Oliveira e João Perez Soler – que foi então o primeiro presidente eleito da recém-criada ACIAR, cargo que ocupou por mais três mandatos. João Perez pregava a unidade entre os comerciantes e levantava a bandeira da criação do Distrito Industrial. O evento que premiava o “Comerciante do Ano” era marca de sua gestão e um dos destaques do município, divulgado por toda a imprensa regional.


NOVOS ASSOCIADOS

PARCEIROS

CNA Sicredi ACCredito Manual de Integração - De olho no imposto Impostometro PROE Portal Educação ACCertifica
REDE SOCIAL

Logotipo rodapé Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro
Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro
Rua José Antonio de Campos, 455 - Centro - Registro/SP
mkt@aciar.com.br

Desenvolvido por SOPHUS TECNOLOGIA