Formulário de Consulta

CÓDIGO:    SENHA:   
(Segunda via do boleto)

  • Página inicial
  • Fale conosco
  • Webmail
Rua José Antonio de Campos, 455 - Centro - Registro/SP - (13) 3828-6800 |

Belarmino Lopes da Silva

Um homem comvocação para empreender

Em Registro, Belarmino reescreveu sua história de empreendedor

 

Uma página é insuficiente para contar a história de lutas, sacrifícios, empreendedorismo e conquistas de Belarmino Lopes da Silva, conhecido como Belo. Vamos, no entanto, tentar resumi-la fazendo jus à memória de um homem que construiu uma grande família e deixou como heranças a lição de uma vida de trabalho e a vocação por empreender. 

 

Na adolescência, Belarmino era responsável por levar à feira a produção agrícola do sítio da família, em Afogados do Ingazeiro, no norte de Pernambuco, onde nasceu. Quando ele via que as pessoas já estavam sem dinheiro, para não voltar com a produção excedente, ele trocava a produção excedente com outros feirantes para prover a família. 

 

Bem jovem, impelido pela necessidade de ter suas próprias terras e seus negócios, Belarmino mudou-se para Tuparetama, na época distrito de Afogados do Ingazeiro. Lá, conheceu Djanira Alves da Silva, com quem casou aos 20 anos de idade. O casal administrava junto o sítio e uma mercearia.

 

Belarmino tinha 41 anos de idade em 1966 quando, impulsionado pela vontade de ampliar suas terras, mudou-se com a família para Rio da Barra, distrito de Sertânia, no sertão Pernambucano. 

 

Em 1982, ele tinha muitas terras e gado mas sentia dificuldade em administrar os negócios já que a maioria dos quinze filhos havia migrado para São Paulo, então destino sonhado por boa parte dos nordestinos. 

 

Nessa época, para ficarem mais próximos dos filhos, Belarmino e Djanira resolveram migrar também e reescrever sua história. Enquanto negociava a venda da fazendae se preparava para a mudança, Belarmino viajou e um estelionatário, travestido de comprador de terras, furtou boa parte dogado. O episódio não desanimou Belarmino. “Nada desanimava meu pai, ele tinha muita fé em Deus”, recorda a filha Girlene.

 

O filho Luiz Gonzaga morava em Pariquera-Açu e queria que o pai morasse perto dele e se tornasse feirante com a ajuda dos demais filhos. Mas Registro chamou a atenção do velho sertanejo. Quando visitou a cidade, o Sr. Lauro estava vendendo um imóvel onde mantinha um pequeno comércio, na Vila São Francisco. Belarmino fechou negócio e lá instalou o Mercado do Belo.

 

“Era religioso, prestativo com a vizinhança, alegre, jovial e honesto”, observa Glorinalda, outra filha. A maioria dos filhos mudou-se para Registro a fim de viver perto dos pais. “Oque pôde fazer pela famíla, ele fez”, diz Glorinalda, lembrando que sua preocupação era ajudar os filhos a conquistarem estabilidade financeira. 

 

Em torno do patriarca formaram-se, em Registro, sete empreendimentos pertencentes a seus filhos: Mercado Nosso Teto, Marcenaria Norte Sul, Mercado São Francisco, Supremo Supermercado, Cido Publicidade e Mercados Belo 1 e 2. 

 

Belarmino e Djanira tiveram quinze filhos – Severina, Girlene, Djanira, Gláucia, Geni, Girleide, Gerôncio, Givanilton, Genaldo, Gilvan, Glorinalda, Gilcélio, Mariada Glória (que ainda mora em Pernambuco), Luiz Gonzaga e Genaldo (os dois já falecidos). Incluindo netos, bisnetos e tataranetos, o casal deixou cerca de 130 descendentes. Belo morreu em 21 de outubro do ano passado, com 88 anos de idade. Estava viúvo desde 2004.


NOVOS ASSOCIADOS

PARCEIROS

CNA Sicredi ACCredito Manual de Integração - De olho no imposto Impostometro PROE Portal Educação ACCertifica
REDE SOCIAL

Logotipo rodapé Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro
Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro
Rua José Antonio de Campos, 455 - Centro - Registro/SP
mkt@aciar.com.br

Desenvolvido por SOPHUS TECNOLOGIA