Formulário de Consulta

CÓDIGO:    SENHA:   
(Segunda via do boleto)

  • Página inicial
  • Fale conosco
  • Webmail
Rua José Antonio de Campos, 455 - Centro - Registro/SP - (13) 3828-6800 |

Irene Machado de Lima

Professora leiga transmitiu saber a três gerações

 

O pai de Irene Machado de Lima 

doou terras onde foi construída a escola

 

O pai de Irene trouxe uma professora do Rio de Janeiro para lecionar para seus 16 filhos
 

Irene Machado de Lima nasceu nobairro Capinzal em 22 de maio de 1919, filha de Simeão Francisco de Lima e de Cecília Machado de Lima. O casal teve 16 filhos, seis dos quais adotivos. Na época, o bairro pertencia ao território de Jacupiranga.

 

Irene aprendeu a ler e escrever numa pequena escola situada na propriedade de seu pai, onde teve como primeira e única professora, uma jovem chamada Maria José, que Simeão contratou no Rio de Janeiro para dar aulas aos seus filhos.

 

A impossibilidade de atrair professores formados para áreas rurais e a necessidade de alfabetizar crianças e jovens, levou Irene a tornar-se professora. “De 1937 a 1965 minha mãe transmitiu seu pouco saber a três gerações”, conta Esther Eunice de Lima, a filha que substituiu Irene no ofício e deu aulas, também como professora leiga, entre 1966 e 1974.

 

O espírito de liderança e a disposição para contribuir com a sua comunidade, fez com que Irene também ministrasse aulas de educação religiosa na Igreja Assembleiade Deus onde, em 1976, fundou o Grupo de Senhoras, que liderou durante muitos anos.

Ainda muito jovem, Irene foi costureira e sempre dividiu as atividades profissionais, mesmo quando dava aulas, com os afazeres domésticos. E sempre que havia necessidade, ela também trabalhava na colheita do chá (pois o produto tem tempo certo de colheita).

 

Em 1946, Irene casou-se com Victório de Lima, importante liderança do Capinzal, onde foi inspetor de quarteirão (à época, uma espécie de delegado) e, à falta de médicos, também atendia os doentes, aplicando injeções e, até mesmo, indicando medicamentos. O casal teve cinco filhos – Esther Eunice, Elia, Velma, Lea e Lineu. Ela morreu em 7 de maio de 1984, com 65 anos de idade. 

 

A pedido do então vereador Ernesto Calazans, de Registro, a escola agrupada do bairro Capinzal, construída em terras doadas por seu pai, foi batizada com o nome de Irene. A lei 14.385, 23 de novembro de 1984, assinada por Franco Montoro, Paulo Renato Costa Souza, secretário da Educação, e Roberto Gusmão, secretário de Governo. 

 

Fazendo jus ao trabalho e ao esforço de sua primeira professora, a escola estadual “Irene Machado de Lima” é modelo de organização e estrutura e, ainda hoje, se destaca pela participação da comunidade.


NOVOS ASSOCIADOS

PARCEIROS

CNA Sicredi ACCredito Manual de Integração - De olho no imposto Impostometro PROE Portal Educação ACCertifica
REDE SOCIAL

Logotipo rodapé Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro
Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Registro
Rua José Antonio de Campos, 455 - Centro - Registro/SP
mkt@aciar.com.br

Desenvolvido por SOPHUS TECNOLOGIA